PROJETOS ATUAIS

Diversidade e Jornalismo audiovisual: modos de produção, consumo e negociação de sentido público na contemporaneidade


Principal forma de acesso à informação sobre o país e o mundo no Brasil segundo a PBM 2016, a televisão e nela os telejornais, tem sofrido críticas e perdas significativas de audiência e de reconhecimento público, sobretudo a partir da segunda década do século XXI. Em paralelo a esse fluxo de discussões, debates e mesmo de movimentação do público, os telejornais tem experimentado também alterações em suas formas de produção, consumo e de legitimação na esfera pública. Entendendo-se o telejornalismo como informação jornalística em diferentes telas, propõe-se perceber um movimento de ampliação quer da oferta de materialidade audiovisual, com novos fluxos e redes de compartilhamento tanto pelas emissoras já constituídas quanto por novos atores, mas também de seu consumo e de negociação e/ou disputa pela autoridade jornalística na contemporaneidade. Propõe-se nessa investigação observar eventuais mudanças e permanências no fazer e perceber o telejornalismo a partir da moldura da diversidade, termo em geral associado ao debate das políticas de comunicação e cultura, e reclamado como ausência no que refere-se à mídia televisiva. A pesquisa busca compreender como diferentes personagens e agentes implicados no jornalismo audiovisual na contemporaneidade - na televisão aberta, nos canais de TV por assinatura e nos canais e redes digitais de compartilhamento - negociam os sentidos de diversidade, como pauta e lógica de produção e consumo do telejornalismo.
Participantes: Iluska Coutinho (Coordenadora); Jhonatan Mata; Gustavo Teixeira; Carla Ramalho Procópio; Luiz Felipe Novaes Falcão ; Rafaella Prata; Barbara Torisu Lemo; Tânia Bicalho.
Bolsistas de IC e outros programas de graduação: Veruska Yasmim Paião Rocha; Laura Aparecida Botelho; Hugo França Belem; Gustavo Luiz Ribeiro; Guilherme de Mattos Fontes; Emanuelle de Moura Gomes Esteves; Clara Cabral Xisto; Bruna Assis Domingos; Ana Luísa Schuchter Rofino.
Sub-projetos associados:

  1. Telejornalismo e Direitos Humanos: os noticiários brasileiros como espaço de cidadania ou de transgressão (Iniciação Científica)
  2. Observatório Mídia e Direitos Humanos - 1) Observando a janela para o mundo: a crítica de mídia como espaço diferencial; 2) Ciclo de Estudos; 3) Vídeos de Divulgação Científica (Iniciação Científica/ Extensão/ Treinamento Profissional)

Financiamento: CAPES, CNPq, Fapemig e PROPP-UFJF




Pluralismo e diversidade nas narrativas audiovisuais: Novos atores e práticas na produção e circulação de conteúdo


Investigação das narrativas audiovisuais produzidas na perspectiva de exploração não comercial, de informação sobretudo. Tensionamento de novas experiências de audiovisualidade, e sua potencialidade para a produção e circulação de conteúdos com maior pluralismo e diversidade. Análise da materialidade audiovisual e estudo dos processos de produção de sentido instaurados por sua circulação. Entre os sub-projetos desenvolvidos destacam-se estudos de produções universitárias, de coletivos pela democratização da comunicação, de emissoras públicas, de núcleos de pesquisa e grupos em redes sociais digitais, articulados sobretudo a partir dos eixos Narrativas, Audiovisualidades, Pluralismo e Território. No estágio atual da pesquisa, tem-se privilegiado a análise da Televisão e de outras formas de produção e circulação audiovisual, e nela do exercício do Jornalismo, como um serviço público de comunicação. A pesquisa ancora-se na dramaturgia do telejornalismo na busca por compreender as promessas de narrativas audiovisuais e Jornalismo, como projeto racional de esclarecimento e autonomização do cidadão. Também interessa perceber em que medida o exercício do Pluralismo e da Diversidade poderia ser percebido como marca de alteridade na oferta de informação e conhecimento em canais que se auto-intitulam públicos, e os sentidos mobilizados para estimular o diálogo com a sociedade e a participação popular. Sub-projetos: “Televisão, Jornalismo e Cidadania: Pluralismo e diversidade nas narrativas das emissoras públicas”; "Cartografia do jornalismo audiovisual: formas de ensino, pesquisa e circulação do telejornalismo no Brasil"; "Narrativas audiovisuais e comunicação pública da ciência: um estudo sobre a inserção social da TV do Núcleo de Pesquisa em Espiritualidade e Saúde da UFJF". Equipe: Iluska Coutinho (coordenação); Lara Linhalis Guimarães; Rodrigo Lobão; Andreia Oliveira; Eduardo Moreira; Juliana Zoet; Caroline Marino; Pedro Ivo Nunes Almeida; Luiz Felipe Falcão; Gustavo Pereira (PIBIC); Armando Júnior (PIBIC); Cristiane Turnes (PIBIC/ BIC-UFJF); Marina Urbieta (BIC-UFJF).Financiamento: CNPq; Fapemig e PROPP/UFJF




Nossas narrativas: um olhar sobre o contexto narrativo brasileiro da Comunicação


Investigação sobre as narrativas relacionadas com o contexto brasileiro, e sobre como elas estão se desenvolvendo no país a partir de diversas perspectivas teóricas e práticas. Procura-se responder as seguintes questões: Como foram criadas as narrativas no Brasil em diversos meios, inclusive nos ditos meios de massa, efetivamente aqueles que estão baseados claramente num narrar? Há uma narrativa que pode ser considerada brasileira nessas diversas áreas? Se há, como isso se deu ao longo dos anos? Quais as características desse narrar? O projeto se fundamenta em entrevistas com pesquisadores e realizadores de áreas do conhecimento que estão ligadas ao universo narrativo, tais como: comunicação, com enfoque no jornalismo, literatura e audiovisual. Como produto final desse projeto propõe-se também elaborar um material em vídeo.

Equipe: Iluska Coutinho e Carlos Pernisa Jr. (coordenação); Stanley Teixeira; Rodrigo Lobão; Jhonatan Mata; Christina Ferraz Musse; Maria Cristina Brandão de Faria.
Financiamento: CNPq




Laboratório de Jornalismo e Narrativas Audiovisuais/ Jornalismo Multiplataforma


O cenário de produção e circulação da informação jornalística na contemporaneidade é marcado pela convergência tecnológica e de mídias, o que muda também a forma de atuação do Jornalista no mercado profissional e sua relação com a sociedade. A proposta do projeto, realizado com estudantes de graduação, é atuar nesse novo ambiente, com o desenvolvimento de produtos informativos em diferentes suportes e linguagens. A circulação do material em redes sociais digitais investe na convergência.

Bolsistas e voluntários: Luiza Rodrigues; Leandro Carneiro; Leonardo Alves (2015); Cecilia Umbelino (2013/2014); Nara Reis (2013).




Vídeos de produção e divulgação científica


A proposta do projeto é desenvolver vídeos para comunicação pública da ciência, atuando como uma agência audiovisual para a divulgação das ações de dois grupos de pesquisa da Facom inicialmente, mas podendo ser ampliadas para outros interessados. Dessa maneira são publicizados os resultados de pesquisas desenvolvidas com recursos públicos. Como a produção de material em vídeo muitas vezes é uma demanda da própria pesquisa, forma de documentação e/ou de registro para posteriores interpretações, a proposta também é realizar serviços de gravação de depoimentos e grupos focais para composição de bancos de dados em vídeo das pesquisas desenvolvidas no Núcleo de Jornalismo e Audiovisual.

Bolsista: Victor Faria.





Apoio: