pesquisadores

Iluska Coutinho

Líder

Professora associada da Universidade Federal de Juiz de Fora é jornalista formada pela Universidade Federal do Espírito Santo (1993), mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade de Brasília (1999) e doutora em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (2003), com estágio doutoral na Columbia University (NY). Pós-doutora em Comunicação (Universidade Nova de Lisboa), coordena o Núcleo Jornalismo e Audiovisual que é vinculado à Faculdade de Comunicação da UFJF e desenvolve atividades de pesquisa, extensão e projetos laboratoriais. Na instituição integra o Comitê Assessor de Pesquisa, o Comitê de Ética em Pesquisa em Humanos, o Fórum de Pesquisa, a COE/ Jornalismo e é Representante da área de Ciências Socais Aplicadas no CSPP. Já atuou como coordenadora de Pós-Graduação da UFJF (2015-2016); coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFJF (2010-2012) e dos cursos de especialização em "Arte, Cultura Visual e Comunicação" (2005-2007); "Televisão, Cinema e Mídias Digitais" (2007-2012) e "Jornalismo Multiplataforma" (2013-2014). Foi Diretora Editorial da SBPJor (2011-2013), Diretora Científica da Intercom (2014-2017) e integra a Rede de Pesquisadores de Telejornalismo (Telejor), que reúne investigadores de diversos programas de pós-graduação na área. Desenvolve pesquisas sobre Jornalismo, Audiovisual e Comunicação Pública Públicas, com financiamento da Fapemig e do CNPq. Bolsista produtividade em pesquisa, PQ2.

http://lattes.cnpq.br/7068648540073233

Armando Júnior

Membro do Laboratório de Audiovisual e Jornalismo desde Abril de 2016, possui pesquisas relacionadas ao telejornalismo, à presença da pluralismo e diversidade na programação da TV Pública brasileira e ao ensino do telejornalismo nas instituições públicas de ensino superior brasileiras. Atua no projeto “Cartografia do jornalismo audiovisual: formas de ensino, pesquisa e circulação do telejornalismo no Brasil” com o objetivo de entender a abordagem do telejornalismo nas instituições públicas de ensino superior. A atual etapa da pesquisa busca ampliar os horizontes da investigação considerando instituições das cinco regiões do país.

http://lattes.cnpq.br/8433826927187460

Carla Ramalho Procópio

Mestranda pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora, aluna da linha de Mídias e Processos Sociais. Jornalista formada pela Faculdade de Comunicação da UFJF. Membro do Laboratório de Jornalismo e Narrativas Audiovisuais de 2013 a 2015, com retorno em 2018 na atuação em pesquisas com foco na representação e discursos midiáticos relacionados à segurança pública. Ao longo da graduação atuou como bolsista de Iniciação Científica no projeto "Telejornalismo e Juventude: Formatos, narrativas, e experimentação da informação audiovisual" e também no "Telejornalismo nas emissoras públicas brasileiras". Possui trabalhos publicados e pesquisas em andamento na área de Telejornalismo, informação audiovisual, jornalismo e direitos humanos, entre outros.

http://lattes.cnpq.br/5184699539738292

Caroline Marino

Mestranda pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora, com bolsa Capes. Jornalista formada pela Faculdade de Comunicação da UFJF. Membro do Laboratório de Jornalismo e Narrativas Audiovisuais desde 2013. Ao longo da graduação atuou como bolsista de Iniciação Científica no projeto 'Cartografia do Jornalismo Audiovisual: Formas de ensino, pesquisa e circulação do Telejornalismo no Brasil' e de Extensão no projeto 'Telejornalismo e Fotografia: Novos Olhares'. Possui trabalhos publicados e pesquisas em andamento na área de Jornalismo, com foco em narrativas audiovisuais do campo público e contra-hegemônico.

http://lattes.cnpq.br/1840387194996836

Clara Xisto

Graduanda em Jornalismo pela UFJF, bolsista do Ciclo de Estudos. Focada em estudos direcionados ao feminismo, à representatividade e principalmente à visibilidade gorda no audiovisual e no jornalismo em geral.

http://lattes.cnpq.br/5363733401668944

Cristiane Turnes Montezano

Jornalista, mestranda em Comunicação Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) na linha Mídias e Processos Sociais. Desenvolve pesquisas relacionadas aos formatos de audiovisuais presentes na plataforma de vídeos online YouTube. Membro do Núcleo de Jornalismo e Audiovisual (NJA) atuou na graduação como bolsista de iniciação científica de agosto de 2016 ao final de 2018. Participou de pesquisas relacionadas à pluralidade e diversidade na comunicação pública e divulgação científica em audiovisuais na internet, publicando artigos em congressos nacionais e regionais. Atualmente também é membro do Laboratório de Mídia Digital (LMD

http://lattes.cnpq.br/5911616491390326

Eduardo Moreira

Bacharel em Comunicação Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2013), é especialista em Gestão de Conteúdo em Comunicação pela Universidade Metodista de São Paulo (2016). Atualmente é mestrando do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora, na linha Cultura, Narrativas e Produção de Sentido. No PPGCom-UFJF, dentro da Linha “Cultura, Narrativas e Produção de Sentido”, sob a orientação da Profª. Iluska Coutinho, desenvolve a pesquisa “Narrativas do Eu em Vídeo: YouTube e os diários para compartilhar”, cuja proposta é investigar como são construídas as narrativas de YouTubers que dedicam seus canais aos relatos pessoais, utilizando como objeto empírico o canal de um garoto transgênero que criou um espaço na internet para compartilhar etapas de sua transição hormonal.

Gustavo Pereira

Doutorando em Comunicação, Mestre e Jornalista formado pela Universidade Federal de Juiz de Fora, atuando principalmente em questões envolvendo o quarto e quinto poder/estado e as novas relações entre o jornalismo e o público que se estabelecem por meio das novas telas do telejornalismo (Internet e redes sociais). Membro do Núcleo de Jornalismo e Audiovisual (NJA-UFJF).

http://lattes.cnpq.br/0112602865522327

Jemima Bispo

Jornalista, mestre e doutoranda em Comunicação Social pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação da UFJF, na linha de pesquisa "Mídias e Processos Sociais". Pesquisadora do Núcleo de Jornalismo e Audiovisual (NJA/UFJF), com foco em atividades de pesquisa, extensão e projetos laboratoriais. Realiza pesquisas sobre telejornalismo, emissoras públicas e direitos humanos. Atua como assessora de imprensa e é jornalista voluntária no Coletivo Bereia Informações e Checagens de Notícias, apoiado pelo Grupo de Pesquisa em Comunicação e Religião da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação - Intercom.

 

Lattes: http://lattes.cnpq.br/2597583587968895

Jhonatan Mata

Jhonatan Mata é Doutor em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (Ecopós/UFRJ) na Linha “Mídia e Mediações Socioculturais”. Realizou Doutorado Sanduíche Capes- DSE na Blanquerna School of Communication and International Relations- Universitat Ramom Llull- Barcelona/Espanha. É servidor da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), onde se tornou jornalista e Mestre em Comunicação, na linha “Comunicação e Identidades”. Autor do livro “Um telejornal pra chamar de seu: identidade, inserção e representação popular no telejornalismo local” (Insular, 2013). Integra a Rede de Pesquisadores de Telejornalismo (Telejor). Atua nos projetos “Pluralismo e diversidade nas narrativas audiovisuais: Novos atores e práticas na produção e circulação de conteúdo”, “Núcleo de Jornalismo Audiovisual” (UFJF) e “Mídia, Jornalismo Audiovisual e Educação: Diálogos possíveis” (UFRJ). Suas pesquisas têm como foco o audiovisual, atualmente voltadas para a análise do jornalismo colaborativo, do amador no audiovisual, identidade e participação popular. Atua na especialização em Mídias na Educação (Capes/UAB). Finalista do Prêmio Francisco Morel 2009 (Intercom), do Festival de Poesia da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ/2013 e 2014) e do Prêmio Sweek 2018 de Poesia..

E-mail: jhonatanmata@yahoo.com.br

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4238346Z7

Lara Linhalis Guimarães

Doutora em Comunicação e Cultura (Eco-UFRJ-RJ), desenvolvendo a tese “Uma invenção de jornalismo: ninjas, xamãs e outras perspectivas”// Mestre em Comunicação e Sociedade (Facom-UFJF-MG)// Graduada em Comunicação Social-Jornalismo (UFV-MG)// Co-Fundadora do Grupo de Pesquisa Multidisciplinar sobre Cultura Popular - Gengibre (DAH-UFV-MG)// Co-Fundadora e Coordenadora Geral do Coletivo Avenida Independência - Música e Conteúdo// Atuou como docente na Faculdade de Comunicação da UFJF-MG e na Faminas-Muriaé-MG// Atuou como produtora cultural em diversos projetos// É editora dos blogs “Avenida - Música e Conteúdo” (medium.com/av-independencia) e “Uma invenção de jornalismo” (medium.com/uma-invenção-de-jornalismo)// É vice-líder do Grupo de Pesquisa (CNPq) Laboratório de Jornalismo e Narrativas Audiovisuais, da Facom-UFJF, onde se dedica a pensar narrativas audiovisuais inovadoras.

laralinhalis@gmail.com

Luiz Felipe Novaes Falcão

Graduado em Comunicação Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2006), mestre pelo Programa de Pós Graduação de Comunicação da UFJF (2019) e doutorando em Comunicação também pelo Programa de Pós Graduação de Comunicação da UFJF. Faz parte dos grupos de pesquisa "Núcleo de Jornalismo e Audiovisual" e "Comunicação Identidade e Cidadania". Ambos são vinculado à Faculdade de Comunicação da UFJF. É consultor no programa de Extensão Incubadora de Cooperativas Populares da UFJF articulando metodologias que trabalham a comunicação e a mobilização social de grupos populares e fóruns de Economia Popular Solidária. Atuou ainda como repórter e editor da TV Integração (afiliada da Rede Globo em Juiz de Fora, MG). Além do jornalismo televisivo, tem experiência nas áreas de assessoria de imprensa, relações públicas e nas discussões que envolvem a economia popular solidária, a comunicação popular e comunitária.

Marina Urbieta Barbosa

Graduanda do 7º período do curso de jornalismo, atualmente faz parte do projeto Televisão, Jornalismo e Cidadania: Pluralismo e Diversidade nas Narrativas das Emissoras Públicas. Integrante do Laboratório como voluntária em 2016, e hoje bolsista do Núcleo de Jornalismo e Audiovisual, apresentou  artigos em Congressos Nacionais e Regionais pelo Brasil. Membro voluntária da ONG nacional “Em Rede”, antiga Rede CsF,  realiza projetos de internacionalização com o apoio da Diretoria de Relações Internacionais da UFJF. Participou de projetos de extensão na Produtora de Multimeios e no Museu de Arte Murilo Mendes (MAMM).  Dentro da área do jornalismo seu maior interesse é pesquisar sobre televisão, telejornalismo, ensino, teatro e jornalismo cultural.

http://lattes.cnpq.br/ol4309910111526817

Pedro Ivo Nunes Almeida

É mestrando da linha de pesquisa Cultura, Narrativas e Produção de Sentido do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Juiz de Fora (MG) e membro do Laboratório de Jornalismo e Narrativas Audiovisuais (UFJF-CNPq). Possui graduação em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Federal de Viçosa (2011). Atualmente é editor na TV Integração, afiliada da Rede Globo, em Juiz de Fora (MG). Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Rádio e Televisão. Já atuou também com temas relacionados a cidadania, rádio itinerante e comunicação comunitária. Atualmente pesquisa as narrativas audiovisuais produzidas de forma colaborativa na internet.

http://lattes.cnpq.br/9623130461174724

Rodrigo Lobão

Jornalista, mestrando em Comunicação Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora UFJF na linha Cultura, Narrativas e Produção de Sentido. Graduado em Comunicação Social pela UFJF em 2009. Produtor audiovisual da TV do Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde. Pesquisa a divulgação científica no YouTube. Membro pesquisador do Laboratório de Jornalismo e Narrativas Audiovisuais da UFJF. Atua na produção de material didático para educação a distância no Centro de Educação a Distância da Universidade Federal de Juiz de Fora desde 2010. Já trabalhou como editor do telejornal da TV Educativa de Juiz de Fora no período de julho de 2008 a novembro de 2012. Atualmente pesquisa os seguintes temas: comunicação, educação, televisão, tv pública, divulgação científica.

Simone Teixeiras Martins

Doutoranda em Comunicação pelo PPGCOM-UFJF na linha de pesquisa “Mídias e Processos Sociais”. Bolsista Capes, é mestre em Comunicação (2009) pela Universidade Federal de Juiz de Fora, na área de concentração “Comunicação e Identidades”. Possui especialização em Comunicação e Gestão Empresarial pela PucMinas (2000). É graduada em Jornalismo (1998) e Rádio e TV (1994) pela UFJF. Foi professora substituta da Facom-UFJF e adjunto da Universidade Presidente Antônio Carlos e do Centro Universitário Estácio Juiz de Fora, em Juiz de Fora-MG. Também foi docente do Curso de Especialização em TV, Cinema e Mídias Digitais, organizado pela Faculdade de Comunicação Social da UFJF, na disciplina TV e Espaço Público. Tem experiência prática na área de Comunicação, com ênfase em Jornalismo e Videodifusão, e docente em disciplinas relacionadas a telejornalismo, produção, edição e direção em TV, webjornalismo, jornalismo impresso (com orientação, correção e repasse de atividades na plataforma moodle), jornalismo organizacional e técnicas de reportagem. Estuda telejornalismo, representações sociais, educação e políticas públicas. É pesquisadora do Núcleo de Jornalismo e Audiovisual – NJA (CNPq – UFJF).

http://lattes.cnpq.br/6784961023575760

Victor Faria

Graduando em jornalismo pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Já participou do PROBIC-Jr/UFJF (2012) desenvolvendo um projeto de iniciação científica na área de Engenharia Ambiental. Exerceu as funções de produtor, cinegrafista e editor na Produtora de Multimeios da UFJF (2015-2017). Atualmente é bolsista de treinamento profissional no (núcleo de jornalismo e audiovisual?), espaço em que lhe atribuída a função de divulgar as pesquisas desenvolvidas pelos membros do grupo. Além disso, integrada a equipe de audiovisual produzindo e editando conteúdos relacionados ao jornalismo público e sobre questões que promovem debates sociais. Também é responsável por gerenciar o canal do núcleo no YouTube. Pesquisa programas jornalísticos que produzem grandes reportagens e o jornalismo cultural na TV pública.

Please reload

Apoio: