sobre

O Núcleo de Jornalismo e Audiovisual (NJA) reúne professores, estudantes e pesquisadores da Comunicação e atua como grupo de pesquisa científica e como espaço de investigação, estudo, experimentação e análise de materiais audiovisuais e outras narrativas jornalísticas.

Desde 2010 um dos focos das pesquisas e práticas do NJA tem sido a questão do jornalismo na TV e na Comunicação pública. No Núcleo se associa um laboratório de desenvolvimento de projetos de extensão, treinamento profissional e monitoria, atuando de forma articulada.

Entre esses projetos destacam-se o Observatório Mídia e Direitos Humanos e o Ciclo de Estudos em Jornalismo e Audiovisual,

que teve sete edições em 2018.

Coordenado pela professora Iluska Coutinho, o NJA tem entre seus parceiros institucionais o Graphos, Laboratório de Pesquisa em Jornalismo Gráfico e Visual; o Laboratório de Mídia Digital e o Grupo Sensus. Integrado à Rede de Pesquisadores de Telejornalismo (TELEJOR), o NJA tem ainda um projeto de atuação conjunta com o Coletivo Avenida Independência, que desenvolve entre outros produtos, uma revista digital com foco na música independente.

No desenvolvimento de seus diversos projetos o Núcleo de Jornalismo e Audiovisual tem como perspectiva central a busca pela democratização do conhecimento sobretudo por meio do jornalismo, do audiovisual e do exercício do direito à comunicação.

J

N

A

ORNALISMO E

ÚCLEO DE

O Núcleo de Jornalismo e Audiovisual (NJA) reúne professores, estudantes e pesquisadores da Comunicação e atua como grupo de pesquisa ...

UDIOVISUAL

Asset 48.png
 

observatório de

mídia e direitos humanos

ciclo de

estudos

lampião 2.0

últimos posts

 

pesquisadores

Atualmente integram o Núcleo de Jornalismo e Audiovisual professores, técnicos, estudantes e egressos da Faculdade de Comunicação (UFJF), além de pesquisadores de outras universidades, como a UFOP.

 

linhas de pesquisa

Tem-se como referência central a constituição dos espaços públicos no Brasil, muitas vezes dados a conhecer pela televisão, mídia central na sociedade brasileira. Investigação das distintas narrativas e experiências audiovisuais, com destaque para aquelas veiculadas por canais públicos, e o exercício dos direitos à comunicação e à informação é um dos compromissos que justificam as pesquisas nessa linha.

PÚBLICO E

TELEVISUALIDADES

Construções simbólicas que perpassam os processos de produção, edição e os discursos veiculados no jornalismo audiovisual e na fotografia. Busca-se compreender a produção de narrativas jornalísticas, em diferentes suportes, e compreender de que forma essas histórias contribuem para a geração e consolidação de identidades, via Jornalismo e para além dele. 

JORNALISMO, NARRATIVA E

IDENTIDADE

Reflexão e resgate de produções audiovisuais, fotográficas e memorialísticas nos centros urbanos e coberturas especiais. A relação entre os artefatos de comunicação, coberturas de guerra e tragédias e as imagens e memórias registradas e que atravessam o imaginário social.

IMAGEM E PRODUÇÃO DE SENTIDO

Apoio: